O Padre José de Calasanz criou a Obra caridosa das Escolas para educar as crianças nas Letras e no Santo Temor de Deus e dar uma boa direção ao viver cristão. Na escola, ele tinha um momento especial de oração, chamado “Oração Contínua”, em que se reunia com pequenos grupos de estudantes na capela. Muitas vezes, Calasanz rezava com esses grupos. Em uma delas, Nossa Senhora quis mostrar para ele o quanto lhe agradavam as orações daquelas ternas criancinhas. Então, Maria apareceu com seu amado Filho Jesus, enquanto Calasanz, o Servo de Deus, estava com os estudantes em oração. Calasanz e as crianças ficaram surpresos e encantados ao ver Jesus e sua mãe sobre uma branca nuvem, rodeada de multidão de anjos. No meio a um grande esplendor, o Menino Jesus espalhava sobre as crianças ajoelhadas um perfume muito bom. Depois, a pedido da sua Mãe Maria, Jesus abençoou todos que estavam e logo desapareceu a visão.
Calasanz ficou extremamente tocado e motivado a prosseguir sua missão de fé e amor junto com as crianças. A memória dessa visão se encontra pintada em um quadro, que está no altar do oratório de São Pantaleo, onde se reúnem estudantes, nos dias festivos, para rezar à Santíssima Virgem.
Aqui, no colégio Ibituruna, temos cópias desse quadro na escada da Vila Calasanz e na Capela. E é com muita alegria que homenageamos a nossa querida Mãe Maria no 08 de maio.

Cadastre-se em nosso Site